Por Saron...
" Evoluir, tenho essa necessidade na alma. Ser um pouco mais. Mas pra ser um pouco mais preciso ser menos de mim mesmo.
Porque evoluir entra num contexto de ser mais tolerante, exercer o ato de se humilhar e reconhecer erros. De perdoar também.
De ser mais altruísta , menos egoísta.
Sabedoria pra simplificar a vida.
A cada dia tento evoluir 1cm do meu ser por vez. Pouco?!?
Grandes mudanças ocorre aos poucos, devagarinho... E assim vou indo."

Moça Flor

Gostou???


Visitem minha lojinha virtual e confiram todos os produtos apresentados no slide.
Atelier Saron Calazans
ou

O que procura No Meu Pequeno Mundo

5 de março de 2015

Ihhhhh dona de casa !?!

Não é facil ostenta o orgulho de ser  cuidadora do lar quando ouvimos;

"E o que vc faz?!?  Eu?!?  Eu sou dona de casa!!!
Dona de casa?!? Ihhhh não faz nada!!!"

Com a queima dos sutiãs nós Amelias não temos vez.E vc cuidadora do lar deve ter ouvido cada coisa.Coisas que muitas vezes abalou vc...e quem fez vc se sentir uma perdedora.
Lembro me de uma vez em que minha irmã foi preencher uma ficha de dados. Ai vem a moça perguntando nome , idade e  venho a pergunta; o que vc faz?
Eu?!? Eu sou dona de casa.
Ela riu , desdenhou...perguntou se a minha irmã nunca tinha tido uma profissão e se ela não queria coloca a mesma na ficha...
Engraçado... Hoje aconteceram fatos sincronizados que me levou a fala um pouco desse assunto.
Ser ou não ser dona de casa?!? 
Logo cedo quando abri o face me deparei com uma postagem de um blogueiro americano relatando sobre ser dona de casa. No caso ele falava sobre sua esposa que numa atitude altruísta deixou a carreira para cuidar dos filhos e da casa. E lá estava ele relatando o quanto sua mulher trabalhava, o quanto era duro ser mãe e cuidar dos afazeres domésticos.. Um trabalho sem folga...sem salário...
Eu confesso que fiquei impressionada com esse " cara" , convenhamos nem todos homens reconhecem e honram a sua Amélia. Nem todos homens tem essa percepção da dedicação e do trabalho que temos, o que muitas vezes nos desestimula.
Enfim, o relato do tal americano se deu apartir de um post relatando a visão limitada de uma mulher de carreira, onde toda boa Amélia é uma fracassada e perdedora...
Aí fiquei cá pensando...não é fácil ser o que somos...ser aquilo que escolhemos ser por um bem maior( um escolha altruista )...educar os pequenos e não terceirizar essa função...E ainda não ser reconhecida, mas caçoada pelas demais.Não sou contra mulheres que escolheram a carreira mas tbm não aceito pessoas que rebaixam as donas de casa...aquelas que abnegaram tais coisas simplesmente pra ser mãe...esposa...cuidadora do lar...
Não é fácil da conta de tudo... Lavar, passar, varrer, cozinhar...E tem gente que acha que ser dona de casa é fazer nada!!! Ao contrário, trabalhamos duro ...um trabalho sem folga ainda mais para aquelas que tem os pequenos... Enfim...pra terminar...
Eu vi agora a noite o filme "  Mamãe, operação balada". Eu nem sabia do que se tratava o filme...apenas escolhi...e eis q me deparo com o mesmo tema...
O filme é super simples e conta a historia de uma mãe hiper estressada com os filhos e com os afazeres domésticos e que fica se perguntando se ela fez a escolha certa. Se sentindo uma fracassada por ser apena dona de casa...Querendo mudar a sua vida...Acaba descobrindo que ser mãe não tem preço...e que não era a vida que deveria mudar e sim suas atitudes.
Eu indico... Só não espere um grande filme...como disse é simples. Mas vc pode se identificar com certas coisas.



6 comentários:

  1. Eu entendo muito bem disso... escuto cada coisa...

    ResponderExcluir
  2. Muito bonito!! Ser mãe a tempo inteiro é uma escolha dura, mas recompensadora.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Saron, gostei do seu texto que retrata bem uma perfeita dona de casa.
    Para mim uma das profissões mais difíceis de se executar.
    Além de esposa, mãe e mulher temos que ser cozinheira, padeira, confeiteira, costureira e médica também.
    As roupas que nunca tem fim para lavar passar, dobrar e guardar.
    A casa sempre deve estar impecável, limpa e cheirosa.
    As vezes penso que se eu trabalhasse fora acho que cansaria menos.
    Ainda bem que hoje em dia nosso trabalho está sendo reconhecido e até podemos pensar na aposentadoria que, quando chegar estamos de bengala.rs
    Um ótimo fim de semana e beijos.

    ResponderExcluir
  4. Saron, realmente isso é muito complicado.
    Não existe reconhecimento nenhum.
    Também tem o outro lado de que se espera que uma mulher saiba fazer de tudo e que faça tudo bem feito dentro de casa.
    Eu já dou logo no meio, pq não tenho que ser boa em tudo.
    Admiro muito quem consegue cuidar da casa e dos filhos com perfeição, pq não é fácil.
    Eu faço o básico e só.
    E escuto muitas piadinhas do tipo "seu marido vai te largar".
    "Nossa, vc não faz café na sua casa pro seu marido?", "vc tem que fazer isso, ou fazer aquilo"
    Ainda bem que meu marido foi criado de forma diferente e sabe que aqui em casa os dois são responsáveis por tudo, até mesmo porque os dois trabalham fora e são responsáveis pelas contas e por tudo.
    É uma parceria mesmo. Eu faço as coisas quando quero e quando não quero, é ele quem faz.
    Olha, nós mulheres ainda sofremos preconceitos de tudo quanto é jeito. E acho que vai demorar muito pra isso mudar.
    Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.. Bem assim.

    ResponderExcluir
  5. Saron querida, eu penso muito sobre o assunto, sou du lar e sou descriminada, ainda mais por não ter tido filhos, o Senhor não os deu.
    Bom, me perguntam se eu trabalho, digo que sim, mas o marido ainda não assinou a minha carteira, rsrs, ficam sem graça, não quero ser grossa, mas trabalho de dona de casa não é inferior a nem um outro, pelo contrário é digno do mesmo jeito. Acredito que foi a escolha mais difícil que fiz, ser diferente da maioria.
    Bjus. Rose.

    ResponderExcluir
  6. Saron larguei de ser administradora da empresa d meu marido e voltei a ser do lar, muitas críticas, pela família do meu marido sou vista como traidora, que poderia levar a falência a empresa por não cuidar, ai meu anjo meu marido disse vai pra casa tranqüila cuide do nosso lar pois prefiro trabalhar sozinho e chegar em um lar, temos uma casa muito bonita fiz com a graça de Deus do jeitinho que eu queria mas faltava alma, faltava cheiro de bolo no final da tarde, estou muito feliz e pobre infeliz que pense que fico sem fazer nada pois a mim não importa pois o maior reconhecimento vem da minha família. Ótimo texto.

    ResponderExcluir

Bora lá...De o seu pitaco...
(Saron)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...